user_mobilelogo

Projeto Libolo

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Profa. Lurdes Jorge, Profa. Mária Oliveira e Profa. Maria Clara PaixãoA Profa. Dra. Lurdes Teresa Lopes Jorge, docente da Universidade de Brasília (UnB), Brasil, pesquisadora da equipa de Linguística do Projeto Libolo, e especialista em Teoria da Gramática, Sintaxe Gerativa, defendeu brilhantemente, no passado dia 10 de outubro de 2018, a sua Tese de Doutoramento, intitulada “Respostas afirmativas para perguntas polares no Português do Libolo, Angola – Um estudo em perspectiva gerativista”.

A defesa ocorreu na Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, e compuseram a Banca de Doutoramento os seguintes membros jurados: Profa. Dra. Márcia Santos Duarte de Oliveira (USP, Brasil),  Presidente da Banca e orientadora da Tese de Doutoramento da Profa. Dra. Lurdes Jorge; Profa. Dra. Rozana Reigota Naves (UnB, Brasil); Prof. Dr. Eduardo Ferreira dos Santos (Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, UNILAB, Brasil); Profa. Dra. Maria Aparecida Torres Morais (USP, Brasil); e Profa. Dra. Maria Clara Paixão (USP, Brasil).

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Equipa do Projeto Libolo em CaluloNa sequência das actividades conjuntas entre os membros das equipas de pesquisadores do Projeto Libolo e membros da comunidade local do Município do Libolo, que têm congregado esforços, sob o lema “juntos e misturados”, em prol do Projeto e do Município, foram constituídas equipas de colaboradores no Libolo que dão apoio aos pesquisadores nas áreas das pesquisas em antropologia e aspetos sócio-culturais do Município do Libolo, bem como em Linguística, envolvendo os estudos sobre o Português do Libolo e do Kimbundu do Libolo. Em 2016, durante o período em que decorreram os trabalhos de campo dos pesquisadores no Município do Libolo, foram oficialmente nomeados membros do Projeto Libolo, Rui Luís de Figueiredo, atual Diretor Administrativo do ISPTLO – Instituto Superior Politécnico do Libolo, que passou a desempenhar também as funções de Coordenador de Logística do Projeto Libolo, e Graciette M. Matos Mata Antas (Tia Ká), que assumiu as funções de Coordenadora da Célula de Cultura do Projeto Libolo.

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Decorreu pela primeira vez, nas instalações do Clube Militar de Macau, uma cerimónia de celebração do “Dia do Herói Nacional”. Esta cerimónia decorreu no passado dia 21 de Setembro, com organização Câmara de Comércio de Angola em Macau (CCAMO) em parceria com o Projeto Libolo. A cerimónia esteve agendada para o dia 17 de Setembro (Dia do Herói Nacional), mas teve de ser adiada em virtude da passagem do Tufão Mangkhut por Macau.

Na mesa de honra estiveram a Cônsul-Geral da República de Angola em Macau, Dra. Sofia Pegado da Silva, Prof. Doutor Carlos Figueiredo, na qualidade de Secretário da Direcção da CCAMO e de Coordenador do Projeto Libolo, e a Dra. Carla Lobo, membro da CCAMO e professora da Escola Portuguesa de Macau. Para além destas personalidades, integraram a Comissão de Honra o Dr. Carlos Lobo e o Dr. Pedro Lobo (Presidente da Mesa da Assembleia da CCAMO).

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Presidente Agostinho NetoA 17 de setembro de 1922, na aldeia de Kaxicane, Município de Ícolo e Bengo, Província de Luanda, nascia aquele que se viria a tornar na principal figura angolana do século XX, o Presidente António Agostinho Neto. Ao ser-me solicitado pelo Presidente da Camâra de Comércio de Angola em Macau, Dr. Carlos Lobo, que dissesse algumas palavras sobre este incontornável ícone da História de Angola, no dia em que se celebraria, precisamente, a data do seu nascimento e que o Governo da República de Angola, muito acertadamente, consagrou para homenagear o Dia do Herói Nacional, eu não poderia ficar indiferente a tal pedido, pois considero ser uma honra ter o privilégio de poder, pessoalmente, prestar homenagem em meu nome e no da Câmara de Comércio, aqui de certa forma, atrevo-me a dizer, representando a devoção de todo o povo angolano a um dos seus mais importantes filhos da nação.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Realiza-se no próximo sábado, dia 14 de Julho, uma cerimónia de apresentação dos livros “O Português na África Atlântica – Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, São Tomé e Príncipe”, organizado por Márcia Santos Duarte de Oliveira e Gabriel Antunes de Araújo, e “Amor sem Pudor”, de Luciano Kanyanga. O evento decorrerá no anfiteatro do Instituto Superior Politécnico do Libolo, em Calulo, a partir das 10 horas (ver aqui o programa detalhado).

Para além dos 11 pesquisadores do Projeto Libolo que se encontram actualmente em Calulo, estarão também presentes autoridades do Governo da Província do Cuanza-Sul, do Município do Libolo, bem como do poder tradicional.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Logotipo Projeto LiboloA exemplo de anos anteriores está de regresso ao Libolo uma nova equipa de investigadores do Projeto Libolo, constituída por 9 professores e 2 alunos de diversas universidades do Brasil e da China.

A equipa chegará a Calulo no início desta semana e iniciará de imediato os trabalhos previstos numa agenda bastante preenchida, cujos pormenores iremos noticiando neste espaço.

A presença no município do Libolo dos coordenadores e outros pesquisadores do Projeto Libolo, possível graças ao apoio filantrópico da Fundação Maria Carolina, visa os seguintes objectivos:

FOTOS DIVERSAS

PATROCINADORES DO PROJETO

LANÇAMENTO DO SITE "SLB Libolo Heritage"