user_mobilelogo

Siga-nos no Facebook

Fotos Destaque

Festicalulo 2017

cafemaduroTeve início em finais do passado mês de Junho a campanha nacional de colheita do café. A cerimónia oficial de abertura desta campanha teve lugar na Fazenda Cabuta, na presença do ministro da agricultura, autoridades regionais e locais, bem como de técnicos e cafeicultores.

Na ocasião o Ministro da Agricultura, Afonso Canga, reiterou o empenho do governo na reabilitação das culturas do café e do óleo de palma, culturas com alto potencial no Cuanza-Sul e no Libolo em particular.

 

 

Em 2008 foram produzidas em Angola cerca de 6000 toneladas de café, das quais 1000 no Município do Libolo. Embora estes números estejam ainda distantes da década de 70, época em que Angola chegou a ser o 3º produtor mundial com 180.000 toneladas, a evolução tem sido muito positiva nos últimos anos, como o comprova a previsão de 12.000 toneladas para a campanha agora iniciada.

Nos próximos anos a produção continuará a crescer de forma acentuada, atendendo aos elevados investimentos que têm sido feitos no sector e que darão fruto a médio-prazo. A título de exemplo destaca-se o caso da Fazenda Luati, na qual está a ser feito um investimento de 3 milhões e 500 mil dólares num projecto pioneiro em Angola de produção de café por irrigação.

No Libolo existem actualmente cerca de 250 cafeicultores, destacando-se a Fazenda Cabuta com uma produção estimada de 500 toneladas na campanha em curso, numa plantação de cerca de 3000 hectares. Esta Fazenda possui também torrefacção e marca própria (o conhecido Café Bela Negra), o que constitui um valor acrescentado assinalável.