Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O Libolo prepara-se para receber no próximo mês de Julho uma grande equipa internacional de 15 investigadores nas áreas da linguística, ensino e formação de docentes, história e antropologia, dando continuidade a um projecto de investigação iniciado em 2011 pelo ilustre calulense Prof. Dr. Carlos Figueiredo.

Este projecto, vinculado à Administração Municipal do Libolo e com patrocínio da empresa Global Seguros, transformará durante algum tempo Calulo na capital angolana da investigação científica.

Projecto “Município do Libolo, Kwanza Sul, Angola: aspectos linguístico-educacionais, históricoculturais, antropológicos e sócio-identitários”.

Em Junho de 2011, o Prof. Dr. Carlos Filipe Guimarães Figueiredo levou a cabo um trabalho de campo nas quatro comunas do Município do Libolo (Calulo, Munenga, Cabuta e Quissongo), recolhendo dados orais para um projeto parcialmente financiado pela Universidade de Macau, “Portuguese restructured by language acquisition in a contact situation: generation acquisition, linguistic typology and grammatical analysis”, de carácter socilonguístico e coordenado pelo próprio. No âmbito do projecto, o Prof. Dr. Carlos Figueiredo, em parceria com investigadores de conceituadas universidades brasileiras, levou a cabo a apresentação de dois trabalhos em congressos internacionais no Brasil:

Figueiredo, Carlos Filipe G., Márcia Santos Duarte de Oliveira & Lurdes Teresa Lopes Jorge. 2013. A emergência dos clíticos de terceira pessoa no português europeu, no português falado na África (Libolo) e no português brasileiro. VIII Congresso Internacional da ABRALIN – Associação Brasileira de Linguística. 30 Janeiro/02 Fevereiro. Natal, Brasil: Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Figueiredo, Carlos Filipe G. & Márcia Santos Duarte de Oliveira. 2012. O Português das comunas do Libolo, Angola, e português étnico da comunidade de Jurussaca, Brasil: cotejando os sistemas de pronominalização. XIII Congresso Anual da ACBPLE – Associação dos Crioulos de Base Lexical Portuguesa e Espanhola & VII Encontro da ABECS – Associação Brasileira de Estudos Crioulos e Similares. 01-03 Agosto. São Paulo, Brasil: Universidade de São Paulo.

Ainda em Junho do corrente ano ano, mais um trabalho será apresentado pelo Dr. Carlos Figueiredo, desta vez em Lisboa, também em parceria com um investigador brasileiro, Mestre Eduardo Ferreira dos Santos, que está já a desenvolver pesquisas sobre o português falado no Libolo, no âmbito da sua tese de doutoramento:

Figueiredo, Carlos Filipe G. & Eduardo Ferreira dos Santos. 2013. Construções [FOC + QUE] no português do Município do Libolo, Kwanza Sul, Angola. Encontro Conjunto do XIV Congresso Anual da ACBPLE – Associação dos Crioulos de Base Lexical Portuguesa e Espanhola & Congresso de Verão de 2013 da SPCL – Society for Pidgin and Creole Linguistics. 19-21 Junho. Lisboa, Portugal: Universidade de Lisboa.

O trabalho apresentado na Universidade de São Paulo, em 2012, encontra-se já no prelo para publicação e, na altura, despertou o interesse da comunidade científica presente no congresso para as questões sobre o Libolo, fazendo germinar a ideia de um projeto de maior escala. Este pretende atuar e também prestar apoio, via know-how dos seus impulsionadores, às autoridades e gentes do Libolo, nos seguintes campos de pesquisa e intervenção científica e social: linguística, história, antropologia e ensino/formação de professores. A equipa que constitui este novo projecto, intitulado “Município do Libolo, Kwanza Sul, Angola: aspectos linguístico-educacionais, históricoculturais, antropológicos e sócio-identitários”, encontra-se já constituída e é composta por 18 investigadores internacionalmente reconhecidos nas suas áreas de intervenção, sendo seu coordenador-geral o Prof. Dr. Carlos Figueiredo. Em Julho de 2013, 15 elementos da equipa deslocar-se-ão ao Município do Libolo, para levarem a cabo investigações no terreno, que ampliarão os dados já recolhidos pelo Prof. Dr. Carlos Figueiredo em 2011 e darão extensão ao projecto inicial a novas áreas de investigação científica.

Face ao atual quadro do Município do Libolo, os membros da equipa do Libolo acreditam que são bem-vindos todos e quaisquer estudos com vista a darem um contributo válido, às autoridades competentes, para a implementação de estratégias que visem redefinir e potenciar o seu sistema social, de ensino e económico. Assim, a investigação que agora será levada a cabo pelos membros da equipa de pesquisadores encontra-se vinculada à autoridade máxima do Libolo, a Administração do Município do Libolo, que reconheceu a extrema importância do projecto para o Município e oferecerá aos investigadores, como contrapartida, algum apoio logístico para poderem concretizar o seu trabalho no terreno. Contudo, só a forte motivação filantróprica demonstrada pela Global Seguros em prol da construção social do Libolo tornou viável a concretização do projecto, já que o mesmo envolve custos consideráveis que serão totalmente suportados por esta instituição, à qual a equipa de investigação manifesta o seu público agradecimento.

A actuação e  intervenção no âmbito do Projecto do Libolo, efectuadas por peritos da área da alfabetização/educação, psicopedagogia e sociologia de massas, espaço público, juventude, urbana e da consciência, são também vitais para se fornecerem estratégias em questões fundamentais para a plena inserção dos habitantes do Libolo na sociedade, tanto do Município quanto de Angola, pela via da construção de vínculos afectivos e sociais. No Libolo, o que se pretende é que, com a intervenção do projecto do Libolo e apoio dos seus patrocinadores, todos ganhem também consciência do seu papel como cidadãos e contribuam na identificação e actualização das memórias sociais do Município, inserindo-se em atividades culturais e profissionais que os afastem da ociosidade e os valorizem como indivíduos actuantes na construção da história, dos sentimentos e da cultura do povo libolense e angolano.
 
Áreas de Intervenção e equipa de investigadores do Projecto do Libolo
 
1. Prof. Dr. Carlos Filipe Guimarães Figueiredo
Coordenador-geral do projecto
Coordenador para a recolha de dados do português L2 – Equipa de linguística
Pesquisador da equipa de história
Docente do Departamento de Português
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas
Universidade de Macau, China
 
2. Prof. Dra. Márcia Santos Duarte de Oliveira
Coordenadora para a recolha de dados do português L1 – Equipa de linguística
Docente do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Universidade de São Paulo, Brasil
 
3. Prof. Dra. Margarida Maria Taddoni Petter
Coordenadora para a recolha de dados do quimbundo – Equipa de linguística
Docente do Departamento de Linguística
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Universidade de São Paulo, Brasil
 
4. Prof. Mestre Lurdes Teresa Lopes Jorge
Pesquisadora da equipa de linguística
Docente do Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas - LIP
Fundação Universidade de Brasília, Brasil
 
5. Prof. Dr. Francisco da Silva Xavier
Pesquisador da equipa de linguística
Docente da Universidade de Sorbonne (Paris IV)
Paris, França
 
6. Profa. Dra.Ana Paula Quadros Gomes
Pesquisadora da equipa de linguística – Não se deslocará ao Libolo
Docente e pesquisadora do Departamento de Letras Vernáculas
Centro de Letras e Artes, Faculdade de Letras
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil
 
7. Prof. Dr.Gabriel Antunes de Araújo
Pesquisador da equipa de linguística – Não se deslocará ao Libolo
Docente do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Universidade de São Paulo, Brasil
 
8. Profa. Dra.Flaviane Romani Fernandes Svartman
Pesquisadora da equipa de linguística – Não se deslocará ao Libolo
Docente e pesquisadora do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Universidade de São Paulo,
 
9. Mestre Eduardo Ferreira dos Santos
Pesquisador da equipa de linguística
Doutorando da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Universidade de São Paulo, Brasil
 
10. Mestre Paulo Jefferson Pilar Araújo
Pesquisador da equipa de linguística
Doutorando da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Universidade de São Paulo, Brasil
 
11. Dra. Raquel Azevedo da Silva
Pesquisadora da equipa de linguística
Licenciada pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Universidade de São Paulo, Brasil
 
12. Prof.Dr. Valdir Heitor Barzotto
Coordenador da equipa de ensino e formação de professores
Docente do Departamento de Metodologia do Ensino e Educação Comparada – Grupo de Estudos e Pesquisa, Produção Escrita e Psicanálise
Faculdade de Educação
Universidade de São Paulo, Brasil
 
13. Prof. Dra. Claudia Rosa Riolfi
Vice-Coordenadora da equipa de ensino e formação de professores
Docente do Departamento de Metodologia do Ensino e Educação Comparada – Grupo de Estudos e Pesquisa, Produção Escrita e Psicanálise
Faculdade de Educação
Universidade de São Paulo, Brasil
 
14. Mestre Adriana Santos Batista
Pesquisadora da equipa de ensino e formação de professores
Docente do Colegiado de Letras Português
Departamento de Educação, Campus X
Universidade do Estado da Bahia, Brasil.
 
15. Mestre Milan Puh
Pesquisador da equipa de ensino e formação de professores
Doutorando do Departamento de Metodologia do Ensino e Educação Comparada – Grupo de Estudos e Pesquisa, Produção Escrita e Psicanálise
Faculdade de Educação
Universidade de São Paulo, Brasil
 
16. Prof. Dr. Ancelmo Schörner
Pesquisador da equipa de história
Docente do Departamento de História
Campus de Irati
Universidade Estadual Centro-Oeste do Paraná/UNICENTRO, Brasil
 
17. Prof. Dr. Josenildo de Jesus Pereira
Pesquisador da equipa de história
Docente do Departamento de História
Centro de Estudos Básicos
Universidade Federal do Maranhão, Brasil
 
18. Prof. Dra. Ana Stela de Almeida Cunha
Pesquisadora da equipa de antropologia
Investigadora do CITEM – Centro de Investigação Transdisciplinar Espaço, Memória e Ambiente
Universidade do Minho, Braga, Portugal

 

FOTOS DIVERSAS

PATROCINADORES DO PROJETO

LANÇAMENTO DO SITE "SLB Libolo Heritage"