Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Conforme noticiámos há cerca de um ano, o Sr. Prof. Dr. Carlos Figueiredo, desenvolveu no Libolo um trabalho de campo na área da Linguística, no âmbito de um projecto internacional de investigação sobre “Línguas semi-crioulas de base portuguesa” (ver  aqui  a notícia). Para o trabalho de campo contou com a prestimosa colaboração do seu irmão Rui Figueiredo, que lhe forneceu o apoio logístico para se poder deslocar a todas as comunas do Libolo.
 

Depois de analisar a informação recolhida no Libolo, com base em registos orais captados no terreno, este prestigiado investigador prepara-se para participar no 7º Encontro Associação Brasileira de Estudos Crioulos e Similares (ABECS) em conjunto com o 13º Encontro da Associação de Crioulos de Base Lexical Portuguesa e Espanhola (ACBLPE), da qual o Prof. Dr. Carlos Figueiredo é também o Vice-Presidente. Estas Associações detêm grande prestígio científico a nível mundial e são duas das mais representativas organizações dedicadas não só ao estudo de línguas crioulas e emergentes por contacto linguístico mas também à preservação de línguas em perigo de extinção.  O encontro conjunto decorrerá do próximo dia 30 Julho ao dia 3 de Agosto na Universidade de São Paulo.
O Prof. Dr. Carlos Figueiredo, na sua qualidade de conferencista, dará a conhecer a um vasto painel científico, composto por alguns dos maiores especialistas mundiais na área linguística, as conclusões do trabalho desenvolvido no Libolo, fazendo alusões ao seu historial de resistência ao colonialismo, às suas particularidades etnoreligiosas e socioculturais e ainda às características linguísticas das falas registadas nas suas quatro comunas: Calulo, Cabuta, Munenga e Quissongo. Tem também encontros agendados com pesquisadores da área da História e da Cultura, alguns dos quais de importantes museus europeus dedicados à colecta dos ricos espólios de comunidades africanas específicas, com vista ao desenvolvimento futuro de novos projectos sobre o Libolo.
Linguisticamente, serão comparados os registos do sistema de pronominalização da fala do Libolo com o da comunidade quilombola de Jurussa (Estado do Pará – Brasil), que apresenta também singularidades etnolinguísticas. Este trabalho conta com a colaboração da Profª. Dra. Márcia Santos Duarte de Oliveira, da Universidade de São Paulo, que vem observando o comportamento sociolinguístico daquela comunidade brasileira.
O estudo comparativo permitirá um melhor entendimento não só acerca das características de ambas as falas, mas também sobre o comportamento diacrónico quer das falas do Libolo e de Jurussaca, quer do próprio português do Brasil.
Para mais pormenores sobre este importante encontro conjunto da ABECS e da ACBLPE, consulte aqui o site oficial deste evento.
 

FOTOS DIVERSAS

PATROCINADORES DO PROJETO

LANÇAMENTO DO SITE "SLB Libolo Heritage"