Projeto Libolo

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Foi apresentada no passado dia 31 de Outubro mais uma tese de doutoramento no âmbito dos trabalhos do Projeto Libolo.

A tese, intitulada “Aspectos prosódicos do português angolano do Libolo: entoação e fraseamento”, foi defendida na Universidade de São Paulo pelo Dr. Vinícius Gonçalves dos Santos. Nesta tese, o autor inicia os estudos em Fonologia Prosódica no Libolo, no português falado em África e abre caminhos para os estudos em Fonologia Prosódica no kimbundu e em outras línguas bantas e africanas.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Foi recentemente lançada a 2ª edição do livro “O Português na África Atlântica”, de autoria da prestigiada investigadora e coordenadora do Projeto Libolo, Professora Doutora Márcia de Oliveira, e do Professor Gabriel Antunes de Araújo.

Nesta segunda edição do livro, patrocinada pelo Instituto Superior Politécnico do Libolo (ISPTLO) e voltada em especial para o público angolano, intensificam-se as conexões dos pesquisadores ligados à temática do português falado na África com instituições angolanas.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Pela primeira vez, iremos ter no Libolo e em Angola, de 22 a 24 de julho de 2020, uma Conferência de grande dimensão mundial, reunindo mais de 50 pesquisadores de topo ligados aos estudos do Multilinguismo, do Multiculturalismo e do Contato entre Línguas envolvendo o Português e o Espanhol. Este evento, de grande impacto internacional, será acolhido pelo ISPTLO – Instituto Superior Politécnico do Libolo, em conjugação de esforços com o “Projeto Libolo”, que emprestará a esta instituição de ensino angolana todo o know-how dos seus pesquisadores na realização deste tipo de eventos.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Catedra Unesco LogoMais um passo do Projeto Libolo no contributo às Ciências Humanas e em prol das comunidades do Município do Libolo, ao ser aceite como membro da Cátedra da UNESCO que tutela as Políticas de Língua para o Multilinguismo, sediada na Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil.

O objectivo principal desta Cátedra centra-se na promoção de um sistema integrado de pesquisa, treinamento, informação e documentação sobre o entendimento global para a sustentabilidade. Facilitará a colaboração entre pesquisadores de alto nível reconhecidos internacionalmente, oriundos daquela Universidade e de instituições da América Latina e do Caribe, Europa, África, Ásia e Pacífico e Europa.

FOTOS DIVERSAS

PATROCINADORES DO PROJETO

LANÇAMENTO DO SITE "SLB Libolo Heritage"