user_mobilelogo

Siga-nos no Facebook

Fotos Destaque

Festicalulo 2017

Foi lançado em Luanda no passado mês de Dezembro o romance “O Sonho de Kaúia” de autoria do libolense Luciano Canhanga.
O livro, publicado pela Editora Mayamba e com prefácio de José Soares Caetano, inclui um conjunto de 4 histórias (Maria Katumbo, O Cão e o Peixe Frito, Vida Capital, O Sonho de Kaúia) que se desenrolam em torno de Kaúia e sua mãe Katumbo, entre a sua aldeia natal no Libolo e a grande urbe de Luanda.
Neste seu primeiro romance Luciano Canhanga oferece-nos uma visão muito própria de uma nova geração de intelectuais angolanos sobre o seu país, desde a euforia da independência ao êxodo massivo para Luanda, à sobrevivência na selva urbana das populações oriundas do mundo rural. 
Oferece-nos também uma visão futurista para Angola, num tom de critica (sempre) construtiva tão característica desta personalidade da nova vaga.
O Sonho de Kaúia é uma daquelas obras que nos prende do primeiro ao último parágrafo das suas 112 páginas, exigindo ainda assim repetidas leituras, tal a riqueza das histórias e da escrita (…dias sim, semanas sempre…). Para além de uma visão muito própria e conhecedora do povo e do país, do livro transparecem também vivências pessoais do autor desde a sua infância, escritas em jeito de prosa em vários artigos dos seus blogues (de leitura obrigatória!).
Canhanga, Luciano de nome e Soberano de pseudónimo, nasceu em 1976 na aldeia de Bango de Kuteca (Munenga). Frequentou várias escolas no município do Libolo, nomeadamente nas aldeias de Kalombo, Fazenda Israel, Pedra Escrita e em Calulo. Sonhava ser engenheiro mineiro ou agrónomo, mas estudou jornalismo no I.M.E.L. (curso médio), Ensino de História no ISCED/Luanda e Ciências da Comunicação na UPRA, também em Luanda. Fez um curso sobre novos medias destinado aos PALOP na Universidade Católica de Lisboa em 2005, para além de outras formações em Bruxelas e Bamako (Mali). Trabalhou como jornalista em vários órgãos de comunicação angolanos e portugueses, sendo actualmente responsável pela Comunicação Institucional da Sociedade Mineira de Catoca. É autor de vários blogues com destaque para: www.mesumajikuka.blogspot.com, www.atura-liter-atura.blogspot.com e www.10encantos.blogspot.com, onde descreve o quotidiano através de contos, artigos, crónicas e poesia.
Para além de Luanda, está previsto o lançamento do livro em outras localidades de Angola, esperando-se que Calulo seja um dos locais privilegiados para promover um filho da terra com tão elevado potencial e créditos já firmados. Ficam também os votos e o desafio para os Calulenses na diáspora, no sentido desta obra e do seu autor serem também promovidos além fronteiras.